EsportesTênis

Luisa Stefani segue para o WTA 500 de Tóquio, no Japão

Compartilhar

Paulistana e mexicana Giulia Olmos caíram na estreia no WTA 1000 de Guadalajara, no México.

 Luisa Stefani, número 10 do mundo, foi superada na primeira rodada do WTA 1000 de Guadalajara, no México, evento no piso duro com premiação de US$ 2,78 milhões. A paulistana e a mexicana Giulia Olmos caíram diante das russas Anastasia Potapova e Veronika Kudermetova por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 10-7. Agora, Luisa segue para o WTA 500 de Tóquio, no Japão, que começa na próxima semana, onde volta a jogar com Olmos.

“Jogo duro, primeiro set não aproveitamos as oportunidades, perdemos três pontos decisivos, isso custou bastante. No segundo set fomos muito bem. E no super tie-break elas começaram muito bem, abriram 7 a 0, fizemos um bom trabalho voltando e no 8 a 7 elas jogaram bem”, disse a atleta patrocinada pela Fila e Faros XP, embaixadora XP COB e que conta com os apoios da Engie CBT, Liga Tênis 10, Bolsa Atleta, Head, JFL Living e Rede Tênis Brasil.

“Aqui as condições são difíceis por conta da altura, por mais que eu goste muito de jogar assim, é um ponto ou outro que faz a diferença. Tinha que sobreviver a esse primeiro jogo para buscar mais para o próximo. Duro perder na estreia, mas dá mais tempo de me preparar para Tóquio na semana que vem”, completou Luisa.

Fazendo história no tênis –
 A paulistana Luisa Stefani, 25 anos, conquistou ao lado da parceira Laura Pigossi, a inédita medalha de bronze nas Duplas Femininas nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021. Outra grande conquista foi o título de Duplas Mistas no Australian Open, em 2023, a primeira dupla de brasileiros a vencer um Grand Slam, ao lado de Rafael Matos.

Durante a semifinal do Us Open 2021, Luisa sofreu uma grave lesão no joelho, passou por cirurgia e se afastou do circuito profissional. No retorno, após um ano de recuperação, conquistou vários títulos: WTA 500 de Berlim (Caroline Garcia, 2023), WTA 500 de Abu Dhabi (Shuai Zhang, 2023); WTA 500 de Adelaide, na Austrália (Taylor Towsend, 2023); WTA 125 de Montevidéu, no Uruguai (Ingrid Martins, 2022); WTA 1000 de Guadalajara, no México (Storm Hunter, 2022); WTA 250 de Chennai, na Índia (Gabriela Dabrowsky, 2022).

Início da carreira – Luisa sempre foi uma amante dos esportes e começou a jogar tênis aos 10 anos, em São Paulo (SP). Em 2011, se mudou para os Estados Unidos para estudar e seguir no tênis, atingindo o 10º lugar no ranking mundial juvenil. A transição do juvenil ao profissional se deu por meio do forte Circuito Universitário Americano de Tênis, jogando pela Pepperdine University, na Califórnia. Em 2019 sua carreira profissional se destacou nas duplas e começou a colher resultados, conquistando o primeiro título no WTA de Tashkent, entre outros ITF e WTA. Daí para frente, comemorou vitórias e títulos, subindo no ranking mundial, chegando a ocupar a nona colocação – conquistando sua posição entre as dez melhores do ranking WTA.


Mais informações:
Instagram: https://www.instagram.com/luisastefani/
Fanpage: https://www.facebook.com/LuisaStefani.Tennis
Marketing/Comercial-Dani Schnaider: +55 19 991072217 – dani@agenciadeatletas.com.br 
Gallas Press-Fabrizio Gallas – +55 21 99023-0660 – fabrizio@gallaspress.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/gallaspress
Instagram: https://www.instagram.com/fabriziogallas/


ZDL
Doro Jr. – MTb 13209 – 11 984579723 – dorojr@zdl.com.br
Deborah Mamone – MTb 15148 – deborah@zdl.com.br
Site: www.zdl.com.br
Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsports

Print Friendly, PDF & Email

Milah B. Honorato

Colunista associada para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »
Top week 37 Comité Militar da OTAN de 15 a 17 de setembro de 2023 Top week 36 Top week 35 Top week 34 O desmantelar da democracia Filosofia – Parte I Brasil 200 anos Séries Netflix tem mais de 1 bilhão de horas assistidas Emancipation – Uma História de Liberdade