fbpx
Esportes

Campeões mundiais com Pelé lamentam partida do Rei do Futebol

Gérson, Rivelino, Zagallo e Pepe se pronunciam.

Ex-companheiros de Pelé em conquistas históricas pela seleção brasileira se pronunciaram nesta quinta-feira (29) sobre a morte do Rei do Futebol. Gérson de Oliveira Nunes, por exemplo, afirmou em seu perfil em redes sociais: “Um Rei não morre, um rei apenas descansa”.

O ex-jogador, que também é conhecido como Canhotinha de Ouro, teve participação de destaque na vitoriosa campanha na Copa de 1970, na qual o Brasil garantiu o tricampeonato mundial. “Tive a honra de jogar junto com Pelé e também contra ele. Um verdadeiro gênio, dentre os poucos que conheci. Encantou o mundo com o seu futebol único, digno de todos os prêmios e troféus que conquistou durante a sua brilhante e inigualável trajetória dentro do esporte. A sua grandiosa obra, seus gols sensacionais e sua visão de jogo magnífica ficarão para a eternidade. Sinceramente, obrigado Pelé, por tudo que fez pelo futebol brasileiro e mundial. Que o rei descanse em paz e que Deus conforte amigos, familiares e seus milhões de fãs”.

Outro componente da seleção de 70 que lamentou a morte de Pelé foi Rivelino, que publicou em seu perfil no Instagram: “O seu lugar ao lado de Deus. Meu rei eterno. Descansa em paz”.

Mário Jorge Lobo Zagallo foi outro ex-campeão mundial a falar da perda do Rei de Futebol. Ele foi um importante parceiro de Pelé, atuando como jogador nas Copas de 1958 e de 1962 e como técnico no Mundial de 1970. “Meu maior parceiro se foi e é com esse sorriso que guardarei você comigo. Amigo de tantas histórias, vitórias e títulos e que deixa um legado eterno e inesquecível. A pessoa que parou o mundo diversas vezes. A pessoa que fez da camisa 10 a mais respeitada. Um brasileiro que defendeu nosso país em todo o mundo. Hoje o mundo, chorando, para e se despede do maior de todos, do Rei do Futebol. Obrigado por tudo Pelé. Você é eterno. Te amo”.

Um outro parceiro grande parceiro de Pelé, no Santos e na seleção, José Macia, o Pepe, divulgou um vídeo lamentando a partida do amigo: “Descanse em paz, Rei Pelé, meu grande amigo. O futebol está de luto”. Pela equipe canarinho, Pepe e Pelé estiveram juntos nas vitoriosas campanhas das Copas de 1958 e 1962.

Fonte: Agência Brasil


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »
Filosofia – Parte I Brasil 200 anos Séries Netflix tem mais de 1 bilhão de horas assistidas Emancipation – Uma História de Liberdade Wandinha Episódios