fbpx
Esportes

Copa: atual vice-campeã, Croácia vira sobre Canadá e vence pela 1ª vez

Compartilhar

Triunfo deixa seleção do Leste Europeu na vice-liderança do Grupo F.

Atual vice-campeã, a Croácia, enfim, desencantou na Copa do Mundo do Catar. Neste domingo (27), a seleção do Leste Europeu goleou o Canadá por 4 a 1, de virada, no Estádio Internacional Khalifa, em Doha, pelo Grupo F.

O triunfo levou os croatas aos mesmos quatro pontos de Marrocos, com quem empataram na estreia, por 0 a 0, ficando à frente dos africanos no saldo de gols (três a um), na liderança da chave. Os norte-americanos, zerados, vão à última partida sem chances de chegar às oitavas de final. Na primeira rodada, eles foram superados pela Bélgica, por 1 a 0.

Apesar do tropeço canadense, Alphonso Davies fez história. Filho de pais liberianos e nascido em um campo de refugiados em Gana, ele chegou ao Canadá aos cinco anos. Coube ao lateral do Bayern de Munique (Alemanha), de 22 anos, fazer o primeiro gol da seleção em uma Copa do Mundo masculina.

Os jogos da última rodada do Grupo F estão marcados para quinta-feira (1º), às 12h (horário de Brasília). A Croácia terá um confronto direto pela classificação com a Bélgica, no Estádio Ahmad bin Ali, em Al Rayyan. O Canadá medirá forças com Marrocos no Estádio Al Thumama, em Doha.

Gol relâmpago não segura resultado

Os treinadores foram a campo com apenas uma mudança cada em relação à estreia. Na Croácia, Zlatko Dalic escalou o atacante Marko Livaja no lugar do meia Nikola Vlasic. Do lado canadense, John Herdman fez troca semelhante, abrindo mão de um meio-campista (Junior Hoillet) para reforçar o ataque com Cyle Larin.

Com a bola rolando, o Canadá precisou de 67 segundos para fazer história. O atacante Tajon Buchanan avançou pela direita e cruzou na cabeça de Davies, que mandou para as redes, anotando o gol mais rápido da Copa do Catar até agora. Os norte-americanos tentaram se manter no ataque, repetindo o que fizeram contra os belgas, mas a Croácia se recuperou do baque inicial e fez valer a maior qualidade para ocupar o campo canadense.

Se a insistência na bola aérea não deu certo, a mudança de estratégia para o toque de pé em pé se mostrou eficiente para os croatas. O gol anulado de Andrej Kramaric, por impedimento, aos 25 minutos, após lançamento de Livaja, era indício da melhora dos europeus. Dez minutos depois, o também atacante Ivan Perisic recebeu na área e esticou para Kramaric, que apareceu pela esquerda e bateu cruzado para empatar a partida. A virada foi questão de tempo. Aos 43, o lateral Josip Juranovic encontrou Livaja na meia-lua. O camisa 14 dominou e chutou rasteiro, no canto do goleiro Milan Borjan.

Kramaric e Perisic comandam goleada

O Canadá voltou do intervalo querendo repetir a pressão do início do primeiro tempo. Aos três minutos, o volante Jonathan Osorio limpou a marcação na entrada da área e bateu a meia altura, rente à trave direita. Aos dez, o atacante Jonathan David recebeu de Buchanan quase na meia-lua e chutou colocado, obrigando o goleiro Dominik Livakovic a se esticar e desviar a bola por cima do travessão.

Desta vez, porém, a Croácia não se acuou e respondeu rapidamente. Aos oito minutos, o meia Luka Modric dominou pela direita e cruzou rasteiro para Kramaric finalizar quase na marca do pênalti, parando em Borjan. Aos 24, Kramaric não perdoou. Ele recebeu de Perisic pela esquerda, driblou o zagueiro Kamal Miller na área e mandou no cantinho do goleiro, fazendo o terceiro dos croatas.

Precisando ao menos de um empate para chegar à última rodada com algumas chance de classificação, o Canadá se lançou à frente, dando espaços – principalmente pelos lados – aos contra-ataques europeus. Em um deles, aos 32 minutos, Perisic invadiu a área pela esquerda e arrematou cruzado, para defesa com os pés de Borjan. Na sobra, o meia Mateo Kovacic rolou para o volante Marcelo Brozovic finalizar, parando novamente no goleiro

Com o duelo sob controle, Zlatko Dalic aproveitou para descansar três dos principais titulares (Modric, Kovacic e Perisic), pensando na decisão contra a Bélgica. Ainda assim, a Croácia chegou ao quarto gol, justamente com dois dos atletas que foram a campo na reta final. Nos acréscimos, o atacante Mislav Orsic aproveitou um erro de Miller, correu em direção à meta pela esquerda e rolou, na saída de Borjan, para o meia Lovro Majer dar números finais à partida.

Fonte: Agência Brasil


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »
Brasil 200 anos Brasil luta pela liberdade Séries Netflix tem mais de 1 bilhão de horas assistidas Emancipation – Uma História de Liberdade Wandinha Episódios