fbpx
Opinião

Se o Brasil fosse um país decente, o TSE anularia as eleições

Compartilhar

Na verdade pela falta de seriedade do órgão que só existe para fiscalizar as eleições e não dá conta de fiscalizar as rádios se estão corretamente divulgando as propagandas eleitorais, é que o Brasil se encontra em ruptura institucional nesse momento.

A balança da justiça, que demonstra o equilíbrio, dentro do TSE só pendeu para o lado esquerdo, tudo que vinha desse lado era acatado, como se fosse uma simples banca de advogados trabalhando pelo PT.

A razão de existir de uma instituição de fiscalização é, trabalhar para que o processo seja mais limpo e transparente possível, mas como todos sabemos, transparência é algo que não existe dentro do TSE. As chuvas de auditoria e o relatório das Forças Armadas, em um país que as instituições trabalham pela harmonia e manutenção da democracia, seria suficiente para a anulação do pleito eleitoral, não existe democracia no mundo que seja sustentada pela incerteza.

Se o Brasil fosse um país sério, primeiramente, o voto seria auditavel, o eleitor teria certeza que o seu voto foi para o seu candidato, e não dormiria com a dúvida que o processo 100% eletrônico deixa de que devemos confiar numa máquina que é preparado por pessoas, e que essas tem seus interesses e tem lado político, isso não seria problema se houvesse um comprovante impresso para o eleitor.

Além de toda trapaça da esquerda, do conluio da mídia, da subserviência do Tribunal Superior Eleitoral, ainda vimos um homem, que tem complexo de ditador, dizer o que é certo ou errado, um homem que favoreceu sempre a chapa que tinha o vice que por coincidência né, o colocou na vida pública, onde no governo do seu padrinho, o juiz do jogo foi secretário de estado. Tudo errado, num tribunal sério isso seria claro motivo de suspeição do juiz.

O pior de tudo, é um corrupto, condenado por várias instâncias concorrer a presidência da república, esse é o fato consumado da incapacidade das instituições atuais, existirem e tomar conta dos rumos da nação. O Brasil precisa de um reset, do jeito que está, não pode ficar, o poder emana do povo, e está na hora de ele voltar as nossas mãos, o povo clama por justiça, alguém precisa tomar as rédeas, e começar a faxina, porque debaixo do tapete, não cabe mais nada.


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »
Brasil 200 anos Brasil luta pela liberdade Séries Netflix tem mais de 1 bilhão de horas assistidas Emancipation – Uma História de Liberdade Wandinha Episódios