fbpx
News

Campo Grande terá centro de estudos municipal de saúde para capacitar e formar profissionais

Compartilhar

Campo Grande irá contar com o primeiro Centro de Estudos Municipal voltado à capacitação e formação de profissionais da área da saúde. A expectativa é de que as obras de adequação do espaço onde o centro será implementado, no piso superior da  Unidade de Pronto Atendimento Dr. Walfrido Azambuja de Arruda, UPA Coronel Antonino, sejam iniciadas nos próximos meses. Nesta semana, houve a definição quanto a empresa que ficará responsável pela reforma. O investimento inicial previsto é de R$ 375 mil.

O Centro de Estudos Municipal de Saúde “Dr. William Maksoud” contará com área total de 430,00 m2, onde serão implantadas 01 sala de informática, 01 biblioteca, duas salas de aula, 01 sala de reunião, além da recepção e duas salas administrativas.

Para o secretário municipal de Saúde José Mauro Filho, a formação e capacitação dos profissionais é fundamental para que a gente tenha uma melhor qualidade na assistência prestada à população. Com um espaço mais adequado e estruturado para isso, será possível ampliar a oferta destes cursos e investir em equipamentos mais modernos para que os profissionais possam se aperfeiçoar tanto na teoria quanto na prática..

“Quem investe na educação e na qualificação profissional sempre colhe os melhores resultados e o maior beneficiado é a população. O primeiro Centro de Estudos Municipal irá renascer a identidade de Instituição de Ensino e ampliará muito a capacitação dos servidores e evidencia ainda mais uma  gestão que sempre investiu maciçamente em formação especializada para recuperar a autoestima e proporcionar profissionais especializados”, diz.

O secretário lembra que hoje a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) tem a segunda maior Residência Médica e Multiprofissional de Saúde de Família do País com certificação e reconhecimento do Ministério da Educação.

” Encaminhamos servidores para mestrado com convênios com universidades, aperfeiçoamento por meio do PROADIS nos principais hospitais do país como Sírio libanês em São Paulo e inúmeras parcerias com fundações como a Fiocruz por meio do INOVAPS”, destaca.

Nos últimos anos mais de 50 cursos ofertados para os profissionais de saúde da Rede Municipal de Saúde, através da Coordenadoria Geral de Ensino em Saúde (CGES), entre eles: Ventilação mecânica invasiva (VMI); Desenvolvimento e liderança; Atualização dos protocolos de Urgência e Emergência; Diretrizes da ressuscitação cardiopulmonar, entre outros.

Fonte: Prefeitura de Campo Grande


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »
Brasil 200 anos Brasil luta pela liberdade Séries Netflix tem mais de 1 bilhão de horas assistidas Emancipation – Uma História de Liberdade Wandinha Episódios