fbpx
News

Barack Obama, e as palestras hipócritas do pior presidente da história dos Estados Unidos

Compartilhar

Depois de oito anos, todos estavam saturados com seus padrões de: “Isso não é quem somos”, “Devemos viver de acordo com nossos valores” e “Este país com certeza é racista”. Assim, Obama fugiu por alguns anos, evitou discursos de alto nível e economizou munição para este momento.

Exceto que é a mesma munição. A condescendência. A presunção. As falsas acusações de racismo. As palestras hipócritas do pior presidente da história da América.

Obama inicia seu discurso na Convenção Nacional Democrata de 2020 chamando a Constituição de racista. Ele continua a repreender o presidente Trump por não encontrar um “terreno comum”. Isso é uma lamentação e tanto de um radical que nunca se preocupou em encontrar um terreno comum. E tratou todos os que discordaram dele com total desprezo.

Mas Obama realmente não quis dizer nada disso. Essas são apenas as rotinas que ele aprendeu para manipular os eleitores moderados do meio-termo. E funcionou muito bem para ele.

Em seguida, Obama reivindica o crédito por sua má gestão do Ebola. E passa muito tempo dando tapinhas nas próprias costas.

Ele chama de “manifestantes pacíficos” bandidos violentos que atacam lojistas e edifícios federais, tentando queimar igrejas e aterrorizando comunidades.

É uma rotina eficaz à sua maneira. É um lembrete de como Obama ganhou duas eleições. Também é cinicamente manipulador, profundamente desonesto e desgastado.

Todos esses anos depois, Obama, como Kamala Harris, está negociando uma identidade negra de direitos civis da qual ele nunca teve parte, a fim de elevar um velho branco que ele despreza ao cargo mais alto.

E muito menos pessoas se importam.

A rotina de Obama, como o anúncio do Super Bowl que, dez anos depois, as pessoas mudam de canal para evitar, há muito ultrapassou sua data de validade. Não apenas com os republicanos. As cordas foram cortadas. Os bonecos não dançam mais. A rotina é banal e velha. E Obama também.

Por Daniel Greenfield.

Fonte Israel National News.com

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria Ferreira

Colunista associada para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Translate »
Brasil 200 anos Brasil luta pela liberdade Séries Netflix tem mais de 1 bilhão de horas assistidas Emancipation – Uma História de Liberdade Wandinha Episódios