fbpx
Arte

Biografia: Malcolm Forest

Compartilhar

conhecido por ser o intérprete de personalidades como Donald Trump e Ronald Reagan, e por sua atuação em grandes cerimoniais, incluindo eventos da Família Imperial do Brasil

Malcolm Dale Kigar, que nasceu em São Paulo em 1 de janeiro de 1949, hoje considerado o Dia Mundial da Paz, tem uma prestigiada carreira nas áreas de música, teatro e cinema. Como compositor e cantor pop internacional teve mais de 40 discos lançados entre os anos 1970 e 1980 e 5 milhões de cópias vendidas. Como ator, ele desempenhou o  papel principal em “Tistou, o Garoto com os Polegares Verdes”, de Maurice Druon, cujo tema tratava de paz e conservação. Como Cineasta, seu primeiro longa-metragem foi “Frei Galvão, o Arquiteto da Luz” aclamado e consagrado com o Prêmio Magnífico como o melhor filme sacro de 2015. O filme foi lançado na Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro e o Papa Francisco elogiou-o em uma carta com bênção apostólica. 

Outra atuação de Malcolm é seu trabalho como intérprete de conferência, cerimônias e eventos. Ele é, aliás, muito conhecido por ser o intérprete de personalidades como Donald Trump e Ronald Reagan, e por sua atuação em grandes cerimoniais, incluindo eventos da Família Imperial do Brasil e o anual Prêmio Paul Donovan Kigar de Honra ao Mérito por Realizações de Vida. O extenso conhecimento cultural de Malcolm Forest, com uma visão abrangente de muitas áreas do conhecimento humano e foco especial em questões culturais, históricas, ambientais e de sustentabilidade, permite que ele realize palestras e conferências sobre vários assuntos. Ele atuou como coordenador da equipe de intérpretes e mestre de cerimônias da 39ª Conferência sobre Capitais da América Latina e Caribe do FBI NAA – Brasil 2009, ocasião em que recebeu a medalha da National Academy Associates por seu trabalho.

O sobrenome artístico  “Forest” surgiu em 1977 em virtude de sua admiração pela beleza e importância das florestas para a sobrevivência de nosso Planeta. Ele trabalhou como voluntário em defesa da Natureza e Sustentabilidade por mais de 25 anos.

Malcolm estudou matemática na Faculdade de Filosofia, Ciências e Artes da Universidade de São Paulo em 1967; Engenharia na Purdue University de 1967 a 1968; e obteve um bacharelado magna cum laude em Música em 1971 pela Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA). Ele recebeu diploma de Doutor Honoris Causa em Música pela Faculdade Einstein, Salvador, Bahia em 2015. Enquanto esteve na Universidade da Califórnia em Los Angeles, ele também estudou Drama e Cinema, e promoveu eventos culturais que integraram a cultura brasileira e a americana. Foi presidente da Associação Brasileira de Estudantes, promovendo eventos musicais brasileiros, cantando e organizando apresentações, como o show da aclamada cantora brasileira Elizeth Cardoso e o Zimbo Trio. No Brasil, ele ficou em primeiro lugar no vestibular da Escola de Física da Universidade Presbiteriana Mackenzie e décimo segundo no vestibular da Faculdade de Matemática da Universidade de São Paulo, onde iniciou o ensino superior antes de se mudar para os Estados Unidos, onde morou por seis anos, e onde começou a ter contato com a Ecologia.

Depois de completar seus estudos nos Estados Unidos, Malcolm iniciou uma sua carreira musical gravando a música “WERE YOU THE ONE” (John L. Meyer), cujo tema é a proteção do meio ambiente. A letra diz: “Foi você quem começou todas as fábricas e bloqueou o sol?” Ele escreveu uma série de canções sobre o tema “Paz”, a mais proeminente “PAZ E AMOR”, escrita em parceria com Antônio Palladino; “TALVEZ SIM NÃO PODE” sob o nome de M. Gregor, em parceria com Fensper Raymond, sobre a ação humana e a salvação do Planeta; “PAPA DELLA PACE”, em homenagem ao Papa João Paulo II e ao tema do documentário Frei Galvão, o Arquiteto da Luz; “UNIDOS PELA PAZ” em parceria com Gaetano Brancati Luigi, tema musical oficial do Marco pela Paz e tema do final do filme Frei Galvão, o Arquiteto da Luz. Malcolm promoveu vários shows em defesa da Mata Atlântica e da Paz. Atualmente ele está trabalhando na pré-produção de um longa-metragem que criou e iniciou o projeto no final dos anos 1980: “Save the Amazon”, uma aventura ecológica em defesa da Amazônia. 

 No final da década de 1980, Malcolm Forest participou de um movimento que levou o Greenbelt da Cidade de São Paulo a ser considerado Reserva da Biosfera, com status de patrimônio mundial, pela UNESCO em 9 de junho de 1994. Ele é o criador e líder de várias campanhas ambientais e cívicas sempre pacíficas, promovendo debates e opiniões democráticas, coletando assinaturas para petições, na buscada sustentabilidade e preservação do patrimônio histórico e natural.

Em 2009, Malcolm Forest iniciou uma campanha nacional pela criação do Departamento de Paz no Brasil, cuja intenção é criar uma base sustentável para o desenvolvimento de uma cultura de paz. Este seria o primeiro Departamento de Paz do mundo. No Brasil, este setor trabalharia no desenvolvimento de uma cultura de paz e de meios sustentáveis ​​para uma era de paz. Malcolm já obteve a assinatura e a colaboração de 30 membros da Câmara do Conselho de São Paulo, e a campanha está avançando; e, em paralelo, ele prepara o Programa Paz para o Planeta, que levará uma mensagem de Paz com música, relembrando os grandes nomes que foram exemplos da Cultura de Paz em suas vidas, muitos tendo sido homenageados com o Prêmio Nobel. O repertório contará com composições próprias e de outros compositores, e apresentará a Paz em todos os seus aspectos como: paz interior, paz espiritual, paz entre as nações, paz religiosa, paz com a natureza e animais, a não-violência e  o ensino de uma Cultura de Paz. Além de ele mesmo cantar no show, haverá a participação de outros artistas convidados. Ele irá compor e apresentar novos hinos e canções sobre o tema da Paz, sustentabilidade, vida, proteção dos animais e do meio ambiente.

O objetivo de Malcolm com este concerto pela paz é promover e dar visibilidade à cultura da Paz e ao projeto das florestas brasileiras, bem como à campanha para a criação de um Ministério da Paz no Brasil.

Leia mais sobre Malcolm Forest clicando nos títulos abaixo:

Frei Galvão, um milagre brasileiro

Prêmio Paul Donovan Kigar

Concerto de Natal da Família Imperial do Brasil

Visite o site oficial de Malcolm Forest:

Site oficial

*Foto por MDK Comunicações

**Agradecimentos ao Sr. Malcolm Forest

Print Friendly, PDF & Email

Paulo Fernando de Barros

CEO em BAP Duna Gruppen, fundador e editor em Duna Press Jornal e Magazine.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Translate »
Brasil 200 anos Brasil luta pela liberdade Séries Netflix tem mais de 1 bilhão de horas assistidas Emancipation – Uma História de Liberdade Wandinha Episódios